Leiam “Um Passarinho me contou”!

Oi, povo!

Calma, o título não é pra ser entendido como uma ordem! É pra ser entendido como ordem sim!

Minha relação com a leitura começou desde cedo: incentivado pela minha mãe, toda semana eu comprava um livrinho daqueles de R$1,99 que tinha histórias de contos-de-fada (criança viada jurando que era princesa Disney). Além disso, eu era (e ainda sou) presenteado com livros por ela, o que me fez/faz gostar MUITO de ler.

Hoje, meu maior desafio é me adaptar à leitura de novos gêneros, já que eu sou muito apegado às ficções e suspenses. Meu ponta-pé da mudança foi com um livro que eu já tava de olho há um bom tempo, que se chama “Um Passarinho me Contou – Confissões de uma mente criativa” de Biz Stone.

IMG_3406

Sério, se tem uma coisa que eu detesto é comprar livro pra não ler porque não gostei do assunto/modo de escrita/estrutura (e olhe que isso já aconteceu várias vezes, me fazendo chorar lágrimas de sangue encorpadas com dinheiro). Felizmente, dessa vez não foi o caso: a leitura fluiu tão rápido que eu nem notei quando tava chegando no fim.

“Tá, mas o que é que esse livro tem demais?”  Bem, Biz Stone é uma das mentes criativas por trás do Twitter (me segue lá!), mas o surgimento da rede social não se deu de forma tão simples, pelo contrário, o fundador passou por poucas e boas, desde estar afundado em dívidas até demissões de excelentes empregos, como na Google, pra chegar onde chegou.

marclivro

Biz conta não só a história da sua vida, mas também do próprio Twitter, que se vê nascendo, crescendo e amadurecendo em conjunto com o próprio processo de crescimento do autor. É como se a vida dele e a vida da rede social fossem uma coisa só.

Eu não poderia delimitar a obra como um livro de autoajuda, ou como uma biografia. Na verdade, o texto é uma mistura de várias coisas: empreendedorismo, criatividade, inovação, superação, medos, sonhos. Tudo isso com uma finalidade: a gente buscar aquilo que de fato move a gente, que faz a gente se sentir vivo pra realizar algo.

Gostei tanto do livro que fiz várias marcações pra lembrar dos trechos que mais gostei
Gostei tanto do livro que fiz várias marcações pra lembrar de alguns trechos.

Como eu tô numa fase muito “buscar meu eu profissional”, o livro foi excelente pra eu compreender algumas coisas: como o mundo dos negócios, o mercado de trabalho, as relações entre as pessoas funcionam hoje em dia. Como eu não sou nenhum especialista em literatura, deixo minha dica se você tá procurando algo com uma essência um pouco diferente pra ler, que não se enquadra em uma estante específica de livraria, ainda mais se você tiver numa fase de conhecimento pessoal/profissional.

Literatura no Brasil não é tão barata quanto eu gostaria que fosse: o livro custou R$40, que é um preço médio e muito bem pago pro conteúdo da obra (sério, podem comprar sem medo!).

Comentários

Leia também

Comente